Link Licitacoes

Link Legislacao

Link Transparencia

Links BeneficiosPrevidenciarios

Em Destaque

BEM VINDO AO PREVEXTREMA!

O Instituto de Previdência do Município de Extrema foi reestruturado através da Lei 3.404 de 22 de outubro de 2015, sendo uma autarquia com personalidade jurídica, integrante da Administração Indireta do Município, com autonomia administrativa e financeira.

O Plenário do Senado aprovou nesta segunda-feira (3) a medida provisória que busca coibir fraudes nos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Foram 55 votos favoráveis e 12 contrários à proposição. Aprovada na forma do Projeto de Lei de Conversão (PLV) 11/2019, a MP 871/2019 segue agora para a sanção da Presidência da República.

Além de criar um programa de revisão de benefícios previdenciários, a MP exige cadastro do trabalhador rural e restringe o pagamento de auxílio-reclusão aos casos de cumprimento da pena em regime fechado.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, destacou que o diálogo e o entendimento entre os senadores viabilizaram acordo construído na semana passada com todos os líderes partidários e com o líder do governo para a votação da MP 871/2019 e da MP 872/2019, que também foi aprovada e prorrogou o prazo para pagamento de gratificações a servidores cedidos à Advocacia-Geral da União (AGU).

— Quero agradecer publicamente a todos os senadores e senadoras que vieram, em uma segunda-feira, exercer o seu mandato parlamentar, representando o povo brasileiro, sabendo da responsabilidade da votação desta medida provisória, que interessa ao país— afirmou.

A MP foi votada na Câmara dos Deputados na última quinta-feira (30) e perderia a eficácia já nesta terça-feira (4). Para viabilizar a aprovação da matéria no último dia de sua validade, o presidente do Senado convocou uma sessão deliberativa para esta segunda — quando as sessões normalmente são destinadas a discursos, sem discussão ou votação de projetos.

Fonte: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/06/03/senado-aprova-mp-que-busca-evitar-fraudes-no-inss

Fonte: https://www.congressonacional.leg.br/materias/medidas-provisorias/-/mpv/135079

Sem título

Fonte: https://legis.senado.leg.br/sdleg-getter/documento?dm=7962847&ts=1559835891366&disposition=inline

A Superintendente do PREVEXTREMA, Sra. Kely Regina Bertolotti, participa do “18º Seminário Regional da AMIPREM” evento realizado no Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais em Belo Horizonte com o tema "Novidades da Gestão de RPPS para 2019".

O 18° Seminário Regional da AMIPREM tem por finalidade promover o fortalecimento dos Regimes Próprios de Previdência Social e proporcionar aos gestores e servidores aprimoramento dos conceitos de RPPS.

WhatsApp Image 2019 05 23 at 14.36.42 1

Representantes da Câmara Municipal de Extrema participaram da importante reunião que apresentou dados como equilíbrio financeiro e atuarial do PREVEXTREMA.

Visando discutir e preservar o equilíbrio financeiro e atuarial dos servidores ativos, inativos e pensionistas do quadro efetivo do município de Extrema, foi realizada na sala de reuniões da Prefeitura Municipal de Extrema na manhã desta segunda-feira, 13 de maio, a importante apresentação do cálculo atuarial data base 2018 do PREVEXTREMA.

A apresentação foi realizada pela empresa Libertas & Associados, seus representantes a atuária Sabrina Amélia de Lima Silva, a advogada Anna Carolina Ianino Lima Andrade e o diretor Miguel Augusto Barbosa Dianese.

A atuária apresentou dados importantes para os participantes da reunião, entre eles o equilíbrio financeiro e atuarial, englobando contribuições e rendimentos futuros, compensação a receber e saldo atual dos investimentos, aposentadorias e pensões concedidas e a conceder. A atuária ainda explicou que “ os Regimes Próprios de Previdência Social dos servidores públicos, como é o caso do município, devem realizar esse tipo de avaliação atuarial inicial e em cada balanço utilizando-se parâmetros gerais, para organização e revisão do plano de custeio e benefícios”.

O conselheiro André enalteceu importante discussão feita pelos servidores: “é preciso analisar, discutir e conhecer os parâmetros para estudos do que pode ser feito em benefício dos servidores”, disse André Aparecido Borges.

Ao final da apresentação a atuária Sabrina, destacou também que toda medida que impactar na folha dos servidores deve ser precedida de estudo de impacto atuarial, e que a assessoria atuarial deve ser contínua e realizada por profissional habilitado.

plano de custeio

sim

simmm

Fique por Dentro